Blog

Toshiba anuncia venda da área de climatização para a Carrier (Blog do Frio)

Fachada da fábrica da Toshiba Carrier em Pathumthani, na Tailândia | Foto: Amankris/Shutterstock

Fabricante norte-americano vai pagar US$ 870 milhões para assumir o controle acionário da sociedade formada com a empresa japonesa em 1999

Como parte de um amplo processo de reorganização estratégica, a Toshiba anunciou nesta semana que celebrou um acordo vinculativo com a Carrier para vender sua participação na joint venture Toshiba Carrier por aproximadamente US$ 870 milhões.

A sociedade entre as indústrias japonesa e americana foi formada em 1999, com a Toshiba detendo 60% das ações da empresa que projeta e fabrica sistemas de ar condicionado com fluxo de refrigerante variável (VRF) e comerciais leves de alto desempenho.

De acordo com o presidente e diretor executivo da multinacional asiática, Satoshi Tsunakawa, “alienar certos ativos não essenciais é um interesse de longo prazo da empresa, seus acionistas, clientes, parceiros de negócios e funcionários”.

Já o fabricante norte-americano disse que “a aquisição planejada fortalecerá a posição da Carrier em um dos segmentos de ar condicionado de mais rápido crescimento, bem como escalará sua plataforma global de produtos VRF com tecnologia líder e diferenciada e a adição de uma marca renomada a seu portfólio”.

“A Carrier vê um potencial de crescimento significativo nos segmentos globais de sistemas VRF, comerciais leves e bombas de calor e estamos entusiasmados com a oportunidade de expandir nossos negócios por meio dessa aquisição estratégica”, declarou o presidente e diretor executivo da multinacional americana, Dave Gitlin.

“A experiência comprovada em pesquisa e desenvolvimento (P&D) da Toshiba Carrier e seus funcionários talentosos serão grandes adições à estratégia de canais multimarcas da Carrier”, acrescentou o executivo.

Segundo a Carrier, a aquisição incluirá todos os centros de P&D da Toshiba Carrier e operações globais de fabricação, linha de produtos e uso a longo prazo da marca Toshiba, que continuará mantendo participação acionária de 5% na empresa.

Mat´ria original: Blog do Frio

Compartilhe: