Blog

Engenheiro Adriano Pascoal lança livro sobre eficiência energética - Blog do Frio

Obra de professor da UERJ é guia para gestores e outros profissionais do HVAC-R

Profissional com ampla experiência em gestão energética, o engenheiro carioca Adriano Pascoal recentemente lançou seu primeiro livro sobre esse importante tema – Gestão da energia elétrica em sistemas de baixa tensão (PoD Editora, 268 páginas, 15 x 21 cm, R$ 99,00).

Professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), ele escreveu a obra durante o isolamento imposto pela pandemia de covid-19, tempo que utilizou para organizar ideias e o vasto material produzido nos últimos tempos.

O livro tem o objetivo de ajudar diretores de indústrias e empresas, administradores de hospitais e síndicos de condomínios empresariais e residenciais a economizar recursos com as contas de energia elétrica a partir da adoção de processos eficientes.

Paralelamente, a obra é de interesse dos profissionais do HVAC-R, que podem complementar conhecimentos acerca do assunto.

Dividido em 12 capítulos, o livro aborda teoria básica da eletricidade; equipamentos de medição; equipamentos do sistema elétrico de baixa tensão; iluminação; motores elétricos; sistemas de climatização; faturamento da energia elétrica; gestão da manutenção para a gestão energética; energia solar fotovoltaica; arquitetura, conforto ambiental e eficiência energética; automação; diagnóstico energético.

“O desperdício de energia elétrica, a partir de sistemas ineficientes, é um dos gargalos que fazem o país perder bilhões de reais anualmente. O objetivo é mostrar aos gestores a melhor forma de escolher e otimizar seus equipamentos, economizando recursos que podem ser direcionados a outras áreas mais prioritárias”, explica Pascoal.

Os leitores da Blog do Frio têm 15% de desconto no preço. Para obter o benefício, basta acessar a loja virtual clicando aqui e digitar o código de desconto BLOGDOFRIO na hora de realizar o pagamento.

Obra técnica recém-lançada revela como evitar desperdício com sistemas ineficientes | Foto: Divulgação

Fonte: Blog do Frio